Pará tem o primeiro búfalo gerado pela técnica “in vitro” na região Norte

Por e

A Universidade Federal do Pará e a Universidade Federal Rural da Amazônia anunciaram o nascimento do primeiro búfalo gerado pela técnica de fertilização “in vitro” na região Norte. A conquista é fruto de uma parceria entre aquelas instituições e uma empresa proprietária da fazenda onde foi realizado o experimento que possibilitou a reprodução do animal.

A biotécnica tem o objetivo de promover o melhoramento genético do rebanho. Ela utiliza sêmen de reprodutores selecionados para fertilizar ovócitos de matrizes com grande potencial genético de produção. Tanto a fêmea quanto o macho apresentam grande produção de leite ou carne, e seus embriões são transferidos para vacas que atuam apenas como “barriga de aluguel”.

De acordo com o coordenador do projeto, professor Otávio Ohashi, “essa técnica permite acelerar a produção de animais em menor tempo, com melhora significativa no padrão genético, gerando, consequentemente, aumento da produção”.

2018-02-27T16:35:31+00:00