Fazenda Rancho Novo e Califórnia cria gado Brahman com avaliação genética

Por

Com área de 30 alqueires, localizada em Santana do Deserto, na Zona da Mata Mineira, com acesso pela BR 40-Rio-Petrópolis – Itaipava e um plantel de 100 fêmeas e cinco reprodutores de gado Brahman Puro de Origem Importada (POI) a Fazenda é um exemplo do sucesso que pode ser alcançado numa pequena propriedade que utiliza os recursos modernos de alta tecnologia.

O proprietário

O proprietário é o conhecido advogado do Rio de Janeiro, Hamilton Prisco Paraíso Jr., de uma tradicional família de advogados e que desde menino frequentou a fazenda do avô paterno no Recôncavo Baiano onde nasceu seu gosto pela pecuária e pela criação de cavalos. O local escolhido para a fazenda foi principalmente consequência da proximidade (160 km) com o Rio.

A decisão de investir em pecuária de ponta decorreu tanto da necessidade de diversificação de aplicação de recursos como também para satisfação pessoal e visando uma atividade para a aposentadoria.

O investimento

O investimento inicial foi feito com recursos próprios complementados, anos depois, com um pequeno empréstimo rural junto ao Bradesco, com recursos do Finame para ampliação das instalações, tudo já praticamente quitado.

No que diz respeito aos investimentos para melhoramento genético, seja utilizando ferramentas da ABCZ seja pelo uso continuado dos exames de DNA dos animais (marcadores moleculares), o apoio oficial – observa o criador – “deixa muito a desejar, especialmente se levarmos em consideração que o Brasil é signatário de várias convenções internacionais de clima e de erradicação da fome, que exigem de seus signatários incentivos vultosos para o melhoramento das raças, com o objetivo de reduzir o tempo de abate e melhorar a eficiência”.

A escolha da raça

O criador explica que “a escolha da raça Brahman se deu por motivos óbvios. Como a região da Fazenda, na Zona da Mata Mineira, é de terras acidentadas e as propriedades de tamanho médio (35 a 40 alqueires mineiros), a área destinada à criação do gado não podia ser muito grande, para que houvesse convivência harmônica com a área de preservação, que segue crescendo. Assim, precisávamos escolher uma raça pura, zebuína, com bastante valor agregado e dócil. Foi fácil optar pela raça Brahman”.

O início

“Em maio de 2003, na Expozebu, participamos comprando, no 1º Leilão de Embriões, na TV, organizado pelo saudoso Sérgio Santos Rutowitsch. Adquirimos cinco embriões sexados de fêmea da raça Brahman, todas filhas do histórico touro AAAA 75. Quinze dias depois já havíamos comprado mais de 25 embriões sexados de fêmea e algumas vacas do criatório Pilar. Assim, iniciamos o criatório Brahman Mucugy, em maio de 2003”.

Instalações

Dois currais completos, com troncos, balanças; 16 baias; espaço da veterinária e laboratório.

Alimentação

Pasto com suplementação para as novilhas paridas no período de estiagem.

Reprodução

Inseminação artificial; transferência de embriões; monta natural; fertilização in vitro.

Profilaxia

Vacinação anual contra Febre Aftosa; vacinações regulares do calendário; controle das moscas e carrapatos e higienização constante das instalações.

Programa de Melhoramento Genético

A Fazenda integra o Programa de Melhoramento Genético das Raças Zebuínas (PMGZ) participando inclusive do PNAT (Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens).

Além  das ferramentas de Avaliação Genética disponibilizadas pela ABCZ, a Fazenda utiliza, desde 2007, do Programa da Avaliação Genética disponibilizado pela Neogen/Igenity, através de  análises de DNA de todos os animais, através  dos Marcadores Moleculares, para três finalidades: *Qualidade da carne (maciez, marmoreio, espessura de gordura, Quality Grade e outros) *Docilidade, taxa de fertilização, facilidade de parto e longevidade *Eficiência alimentar: consumo alimentar residual, ingestão de matéria seca e ganho médio de peso.

Mais informações

Contato: hamilton.prisco@prisco.com.br
 

 

 

 

 

 

2018-03-25T03:58:00+00:00