IB erradica peste suína no Tocantins

Por

O Instituto Biológico (IB-APTA) e a Agência de Defesa Agropecuária do Estado de Tocantins (Adapec) desenvolveram um trabalho conjunto que resultou na erradicação da peste suína clássica (PSC) no Tocantins.

O reconhecimento, dado pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE), permite que o Tocantins possa explorar novos mercados para a exportação além de aumentar a produtividade de suínos no Estado.

Para a pesquisadora do IB, Josete Garcia Bersano, em termos de saúde animal, a erradicação da peste suína clássica em Tocantins foi uma grande conquista que possibilitou o aumento da produção de carne no Estado, já que a doença

é uma enfermidade limitante. “Além disso, com a aprovação pela OIE, vislumbra-se a abertura de novos mercados para exportação a países que não importam carne de locais com incidência da doença”, prevê.

Tocantins possui um rebanho de suínos estimado de 270 mil animais, distribuídos em 164 granjas comerciais cadastradas pela Adapec. Porém, a maior parte da produção é de subsistência. Os municípios que concentram maior número de animais são Araguantins, Formoso do Araguaia, Porto Nacional, Dois Irmãos e Monte do Carmo.

2018-03-25T04:02:17+00:00