Lobo cinza

Por

O Lobo cinza tem origem muito antiga. É um sobrevivente da Idade do Gelo.

São canídeos (Canis lupus) muito resistentes, com altura que varia de 60 a 95 cm e peso entre 36 e 38 kg, embora já tenha sido encontrado um exemplar na antiga União Soviética que pesava quase 80 kg.

As fêmeas, em média, pesam 20% menos do que os machos.

A análise do genoma do Lobo cinza mostra que ele é muito semelhante ao cão doméstico.

Eles encontram-se no topo da cadeia de predadores dos sistemas ecológicos onde vivem. E vivem em florestas temperadas, nas montanhas, nos desertos e perto de áreas urbanas (onde achar alimento é mais fácil) dos Estados Unidos e da Europa, por exemplo.

Medem entre 1,30 e 2,00 metros, da ponta do focinho à extremidade da cauda e não são corredores de velocidade, mas sim de resistência. São capazes de trotar, sem parar, vários quilômetros a uma velocidade de 10 km/hora. Suas patas são muito resistentes o que os torna capazes de enfrentar os mais variados terrenos.

As glândulas odoríferas que têm entre os dedos, marcam com cheiro característico os lugares por onde passam e servem como orientação para os lobos que vêm trotando atrás.

Eles têm duas camadas de pelo: a primeira é impermeável e a segunda (subpelo) protege do frio.

São muito carinhosos, mas apenas durante a época do acasalamento. O período de gestação é de 60 dias e os filhotes (cinco a seis) nascem cegos e surdos, totalmente dependentes da loba.

Como todos os lobos, vivem em matilhas. São carnívoros e comunicam-se através do cheiro e dos uivos.

Suas presas prediletas são mamíferos que têm cascos.

Quando se depara com um Lobo cinza solitário na floresta, é quase certo de que ele seja ou um animal velho, doente, ou um jovem à procura do seu território.

2018-05-18T17:03:31+00:00