Purunã, raça bovina desenvolvida no Paraná, tem reconhecimento oficial do governo federal

Por

A raça é resultado de mais de 30 anos de estudos do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), primeiro órgão estadual de pesquisa agropecuária a desenvolver uma raça bovina. A Purunã é fruto de cruzamentos entre animais das raças Charolês, Caracu, Angus, Canchim e Aberdeen Angus e seu reconhecimento foi formalizado por portaria do Ministério da Agricultura, na qual este órgão credenciou o IAPAR a emitir o Certificado Especial de Identificação e Produção da nova raça. O documento assegura a procedência e desempenho dos animais e garante que os touros, matrizes e sêmen comercializados têm desempenho superior e estão aptos a promover o melhoramento genético e gerar ganhos reais de produtividade.

Do sangue das raças, a Purunã herdou características importantes, tais como: temperamento dócil, rusticidade, tolerância ao calor, resistência aos carrapatos e alta velocidade de ganho de peso.

A nova raça, cujo nome vem da serra que demarca o início dos Campos Gerais do Paraná, foi desenvolvida para ser criada nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Goiás e no Distrito Federal.

Foto: Monica Costa

2017-09-21T08:49:40+00:00