Europa rejeita frango brasileiro novamente

Por

A avicultura brasileira continua sofrendo com embargos e restrições de países da União Europeia pelo risco de contaminação de salmonela. Desta vez, o controle de fronteira do Reino Unido, da Holanda e da Alemanha rejeitaram 10 remessas de frango congelado importado do Brasil.

Segundo informações postadas no site GlobalMeatNews.com, especializado no  mercado mundial de proteína, quatro das recusas vieram do Reino Unido e da Alemanha, enquanto duas vieram da Holanda. Os países informaram que foi identificado um risco grave de contaminação por salmonela na carne de frango do Brasil entre abril e junho de 2018.

Para Farzad Henareh, vice-presidente de desenvolvimento comercial e de negócios da Stericycle Expert Sulutions,  as recentes identificações são reais e prejudicarão o País na busca pela retomada do crescimento no comércio avícola. Segundo ele, as estratégias de negociação entre o Brasil e a Europa não estão funcionando como o planejado.

“O Brasil tem pressionado a União Europeia por meses, tentando em vão remover as restrições em torno das exportações de carne de frango e de aves para trazer a indústria de volta ao equilíbrio”, disse.

A União Europeia informou que, no período de janeiro a maio desse ano, o continente importou mais de 110.000 toneladas de carne de aves do Brasil, o que representa uma queda de 42% em relação ao mesmo período de 2017. Nesse cenário, Habareh comemora os efeitos da dura política de proteção à segurança alimentar promovida pela União Europeia.

“O lado bom disso estar acontecendo é de que uma comida potencialmente perigosa não irá chegar nos nossos pratos. Temos que garantir a segurança alimentar”, disse.

Agrolink

2018-08-16T18:22:33+00:00 16/08/2018|Categories: ABB News|