Piscicultura: Embrapa faz parceria para desenvolver ração específica para o pirarucu

Por

O núcleo Pesca e Aquicultura da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuaria (Embrapa) vai desenvolver uma ração específica para pirarucu por meio da uma parceria com a empresa Peixes da Amazônia, do Acre. Atualmente as rações disponíveis são baseadas em fórmulas destinadas a outras espécies carnívoras.

A expectativa é de que, com uma formulação específica para o pirarucu, ele tenha um melhor desenvolvimento.

“Estão envolvidos nessa parceria a empresa, que é uma sociedade anônima com 21 sócios (incluindo piscicultores) e o governo do Acre, diz Alexandre Aires de Freitas, chefe geral interino do núcleo, localizado em Palmas, no estado do Tocantins.

O papel da Embrapa, na parceria, será oferecer o know how (tecnologia) para validação do produto, uma vez que ela dispõe de dados sobre digestibilidade e exigência de aminoácidos essenciais do pirarucu. Caberá à Peixes da Amazônia a produção do alimento em escala industrial.

2019-03-28T17:19:41+00:00 06/04/2019|Categories: Ciência e Tecnologia|