Criação de Tilápia em tanques-rede é aprovada em TO

Por

Após negociações iniciadas em 2016, o Estado de Tocantins, finalmente, conseguiu a concessão e aprovação para a criação de tilápias em tanques-rede. Além de clima favorável e logística privilegiada, a região possui grande potencial para produção em seus reservatórios.

A aprovação do projeto contou com laudos técnicos para comprovar que a atividade não causaria impacto significativo, nem ao meio ambiente e nem aos peixes nativos. “A prioridade sempre foi oferecer garantia segurança jurídica aos empresários que desejam investir em Tocantins”, explica o conselheiro do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema) e gerente de Pesca da Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária do Estado, Thiago Tardivo.

Segundo ele, os piscicultores têm incentivos fiscais e podem expandir os seus negócios, fortalecendo a atividade e elevando o nível de competitividade da região. “Além do potencial de produção nos reservatórios do Estado, ainda contamos com a Ferrovia Norte-Sul para escoar a produção”, acrescenta.

Para o presidente da Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe BR), Francisco Medeiros, tanto o Conselho quanto o governo de Tocantins agiram para atender aos anseios e necessidades dos piscicultores, além de contribuir para o aumento da produção de tilápia no Estado, com sustentabilidade. “Para se ter uma ideia, somente os lagos da hidrelétrica do Rio Tocantins têm outorga da Agência Nacional de Águas (ANA) para a produção de 200 mil toneladas da espécie, o que significa injeção na produção primária de mais de R$ 1 bilhão por ano”, ilustra.

2019-01-10T16:28:39+00:00 10/01/2019|Categories: Top News|