Melhorar pecuária leiteira da agricultura familiar é objetivo de projeto

Por

Contribuir para o aumento da produção leiteira dos agricultores familiares de Alagoas, além de proporcionar condições de subsistência e continuar investindo para melhorar as condições de produção para os pequenos produtores de leite do Estado. Esses são alguns dos objetivos do projeto da Cooperativa de Produção Leiteira de Alagoas (CPLA). “Estamos investindo em melhoramento genético, técnicas do manejo da pecuária leiteira e buscando espaços para que esse produtor tenha como comercializar. Isso é uma forma de melhorar a vida social do produtor”, destaca o presidente da entidade, Aldemar Monteiro.

No Estado,  há mais de 2 mil pequenos produtores de leite. Nas propriedades onde a cooperativa realizou uma pesquisa de acompanhamento de produção, os pequenos produtores chegam a ter, em média, 20 animais, entre bezerros, bezerras e vacas e apenas cinco em produção. “A estimativa é de que a agricultura familiar alagoana chegue a produzir cerca de 150 mil litros de leite por dia”, informa Monteiro.

O presidente da entidade destaca ainda que esses números ainda são baixos para a agricultura familiar. Segundo ele, a média de produção por animal chega a 22 litros de leite na pecuária brasileira. No Nordeste, cai para 14 litros. Quando se fala em agricultura familiar, esse número é ainda menor: chega a 9 litros por animal ao dia. “Por isso, projetos como esse são muito importantes para a evolução dos criadores dessas regiões menos favorecidas”, explica o presidente da cooperativa.

2019-03-18T14:54:37+00:00 27/03/2019|Categories: Top News|