Palma forrageira ajuda na alimentação do rebanho

Por

Os longos períodos de estiagem no norte de Minas Gerais são um problema para os pecuaristas. Além de reduzir o volume de água e das pastagens disponíveis ao rebanho bovino, causa perda de peso dos animais e diminuição na produção leiteira. Como alternativa para evitar perdas no período de seca, a palma forrageira, que é resistente a essa sazonalidade, está sendo utilizada na alimentação complementar do gado por pecuaristas de São João do Paraíso, no norte mineiro.

Segundo a Emater-MG, cerca de 100 pecuaristas do município utilizam a planta na alimentação do rebanho. De acordo com o agrônomo da entidade, Osvaldo Eleutério de Sousa, além de ser mais uma opção de alimento para os rebanhos, a palma colabora para que a pecuária seja desenvolvida dentro de um sistema sustentável. Na região, os agricultores familiares estão utilizando a palma também como uma alternativa de alimentação para as pequenas criações de suínos e galinhas caipiras.

2018-05-17T15:44:59+00:00