Zoonoses

Zoonoses2021-06-17T11:55:09-03:00
2007, 2021

Estratégias de prevenção diante da Hipocalcemia em vacas leiteiras

20/07/2021|

O Brasil ocupa a quarta posição mundial na produção de leite, com uma produtividade de 2.621 litros/vaca/ano, ficando atrás de países como a Nova Zelândia, que possui uma produtividade de 4 mil litros/vaca/ano (EMBRAPA, 2020). A realidade do nosso país era bem diferente no passado, como por exemplo em 2006 quando nossa produtividade era a [...]

2206, 2021

Aspectos zoonóticos da brucelose

22/06/2021|

Introdução A brucelose é uma doença bacteriana, infectocontagiosa, originária de animais e transmitida de forma acidental para humanos. Ela afeta principalmente o sistema reprodutivo de animais domésticos causando problemas como aborto, principalmente no terço final da gestação, nascimento de natimortos e cria fraca, orquite em machos, infertilidade, entre outros (POESTER et al., 2009). Requer atenção [...]

1706, 2021

Artigo: A COVID-19 e os Animais

17/06/2021|

O médico veterinário José Carlos de Andrade Moura, escreveu o artigo "A COVID-19 e os Animais". O artigo conta história do surgimento de algumas das maiores epidemias virais da humanidade, que perduram até os dias de hoje, e descreve o fenômeno atual da Covid-19. Em seu artigo, José Carlos de Andrade Moura, professor Titular Aposentado [...]

2409, 2020

A Covid-19 e a relação entre humanos e animais: zoonoses e zooterapias

24/09/2020|

O uso de animais não humanos com fins medicinais é chamado de zooterapia. Esse campo científico possui íntimas ligações com a etnofarmacologia, disciplina que investiga como plantas, animais e minerais podem ser úteis na criação de novos medicamentos (Alves, Dias, 2010). No documento Guidelines on Conservation of Medicinal Plants, publicado em 1993 pela Organização Mundial [...]

2309, 2020

Profissionais apontam soluções para a Medicina Veterinária e Zootecnia após a pandemia

23/09/2020|

Adaptação, colaboração e criatividade serão fundamentais às empresas e profissionais. Os desafios, rumos e perspectivas da Medicina Veterinária e da Zootecnia no cenário pós-pandemia foram discutidos por profissionais renomados das duas áreas no Webinar a Medicina Veterinária e a Zootecnia Pós-Pandemia. O evento reuniu mais de 400 participantes, de forma virtual e gratuita, nos dias 28,29 [...]

1208, 2020

Febre amarela (CID 10: A95)

12/08/2020|

Descrição A febre amarela é uma doença febril aguda, de curta duração, gravidade variável e transmitida através da picada de determinadas espécies de mosquitos vetores hematófagos. É caracterizada por possuir dois ciclos de transmissão, ou seja, silvestre e urbano. É uma arbovirose (são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, [...]

1501, 2020

Febre maculosa brasileira

15/01/2020|

Equino: hospedeiro amplificador da febre maculosa. CID 10: A77.0 Sinonímia Tifo transmitido pelo carrapato; Febre petequial; Febre chitada; Febre maculosa das montanhas rochosas. Descrição A Febre Maculosa Brasileira (FMB) é uma doença infecciosa febril aguda e de gravidade variável, podendo apresentar-se de formas assintomáticas a severas e com alta taxa de letalidade. A [...]

1207, 2019

Entendendo a Clamidiose

12/07/2019|

Sinonímia Ornitose; Psitacose Etiologia É uma enfermidade infectocontagiosa causada pela bactéria Chlamydia psittaci, podendo causar uma sintomatologia clínica que cursa com febre, tosse, prostração, cefaléia, associado a um comprometimento de vias aéreas superiores e/ou inferiores. Sintomatologia clínica Podem variar em função de espécie, idade, estado imunológico da ave, via de transmissão, virulência do sorotipo envolvido [...]

2301, 2019

Leptospirose

23/01/2019|

Sinonímia Doença de Weil, síndrome de Weil, febre dos pântanos, febre dos arrozais Etiologia A Leptospirose é causada por espiroquetas do gênero Leptospira, família Leptospiraceae, ordem Spirochaetales. São bactérias pouco resistentes à luz solar direta, aos desinfetantes comuns e aos antissépticos. As leptospiras patogênicas possuem um período variado de sobrevivência na água, conforme a temperatura, [...]

108, 2018

Mormo

01/08/2018|

CID-11: 1B92 Mormo Sinonímia “Lamparão”, “Farcino Equino”, “Catarro do Mormo”, “Catarro de Burro” ou “Catarro Bravo". Etiologia Bactéria Gram-negativa Burkholderia mallei, um bacilo imóvel, aeróbio, bipolar, mesófilo e não esporulado. Pode sobreviver de 6 semanas a vários meses em áreas contaminadas e permanecer viável em água tratada por pelo menos um mês, mas é inativado [...]

1310, 2017

Esporotricose

13/10/2017|

CID-10: B42 B42.0 Esporotricose pulmonar, B42.1 Esporotricose linfocutânea, B42.7 Esporotricose disseminada, B42.8 Outras formas de esporotricose. Sinonímia Granuloma dos jardins; doença dos jardineiros. Etiologia Fungos dimórficos do Complexo Sporothrix schenckii: S. brasiliensis, S. luriei, S. globosa, S. mexicana, S. schenckii e S. albicans. Distribuição geográfica Disseminado por todo o mundo, devido à sua natureza saprofítica. [...]

3008, 2017

Toxoplasmose

30/08/2017|

CID-10:B58 e P37.1 Toxoplasmose congênita Etiologia Protozoárioscoccídeos intracelulares do Filo Apicomplexa, espécie Toxoplasma gondii, com um ciclo biológico complexo e constituindo-se importante patógeno de origem alimentar. Distribuição geográfica Está presente em todos os países, com soroprevalência variando entre 10% e mais de 95%, sendo uma das zoonoses mais difundidas.A prevalência é geralmente mais alta em [...]

2706, 2017

Tuberculose

27/06/2017|

Sinonímia Tísica; peste cinzenta; doença do peito e mal-de-secar. Etiologia Bacilos gram-positivos álcool-ácido-resistentes do gênero Mycobacterium. O principal agente etiológico envolvido na tuberculose em primatas sempre foi o M. tuberculosis (bacilo de Koch), porém com o advento das imunodeciências e as novas organizações sociais, a importância da tuberculose causada por M. bovis e M. avium [...]

3107, 2016

Raiva

31/07/2016|

Sinonímia, Hidrofobia Etiologia Vírus RNA do gênero Lyssavirus, família Rhabdoviridae, cuja forma característica do vírion é a de projétil, medindo 70 X 180 ηm. Esta família contempla seis gêneros: Vesiculovirus, Lyssavirus, Ephemerovirus, Cytorhabdovirus, Nucleorhabdovirus e Novirhabdovirus, infectando vertebrados (incluindo peixes), invertebrados, amebas e plantas. Devido à ampla distribuição, provavelmente há rabdovírus ainda não descobertos e [...]

Ir ao Topo