Nutrição fetal de bezerros é tema de projeto da APTA

Por

Garantir uma pecuária lucrativa e eficiente. Esse é o objetivo da pesquisa desenvolvida pela APTA (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios), órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que pretende mostrar a importância da programação fetal do rebanho de cria para trazer níveis reprodutivos cada vez melhores.

Segundo Gustavo Resende Siqueira, pesquisador da APTA, o projeto, que ainda está em fase inicial, tem como objetivo avaliar o crescimento e desenvolvimento muscular dos bezerros com a nutrição fetal adequada. “A maior parte do desenvolvimento do feto no útero da vaca ocorre no último terço da gestação, quando há maior exigência por nutrientes”, explica. “É importante garantir uma boa nutrição para as fêmeas nesse momento”.

De acordo com o pesquisador, o próximo passo do projeto é avaliar se a suplementação proteica vai garantir animais com características que potencializam a engorda.

2018-03-25T04:00:57+00:00