Berganês: nova raça de ovinos desenvolvida e criada por agricultores de Pernambuco

Por

Um grupo de agricultores da região de Dormentes, no interior de Pernambuco, com dificuldades nas plantações de milho, feijão, mamona e algodão devido às secassucessivas que não permitiam produção satisfatória desses cultivos, perceberam a necessidade de ter um complemento de renda para o sustento da família e resolveram desenvolver e criar a raça Berganês.

A nova raça é fruto do cruzamento das raças Bergamácia e Santa Inês, oriundas, respectivamente,da Itália e do Brasil. A Berganês não possui lã, é de pelagem escura, destina-se à produção de carne e adapta-se bem à região de Dormentes.

Os animais da nova raça apresentam, em média, 4,5 kg de peso ao nascer e podem alcançar até 12 kg no primeiro mês de vida.Por serem precoces,podem atender à demanda de marcado, que, na região de Dormentes,é de um animal com 6-8 meses, pesando 14 kg de peso-carcaça (carne, gordura e ossos).

2018-03-25T03:16:50+00:00