Mantendo, na terceira semana, praticamente o mesmo ritmo de embarques das duas semanas iniciais do mês – pouco mais de 19 mil toneladas diárias – as exportações de carne de frango in natura de maio corrente (primeiros 15 dias úteis de um total de 22 dias úteis) se aproximaram das 286 mil toneladas, correspondendo a, praticamente, três quartos das 382.7 mil toneladas exportadas em maio de 2021 (21 dias úteis).

Embora a média diária dos embarques continue a ser 6,5% menor que a de abril passado, está aproximadamente 4,5% acima da registrada há um ano, fator que, combinado com o dia útil a mais, sinaliza para o mês volume não muito distante das 420 mil toneladas – incremento próximo de 10% sobre o alcançado um ano atrás.

Na semana, o preço médio registrado apresentou ligeira desaceleração. Mesmo assim, a média desses 15 dias – US$2.063,66 por tonelada – ficou 32,72% acima da alcançada há um ano e, com isso, a receita cambial, que já soma US$593,2 milhões, pode chegar aos US$870 milhões, aumentando mais de 45% em relação aos US$590 milhões de maio do ano passado.

 

Fonte: AviSite