Exportações brasileiras de carnes cresceram 41% em abril

Por

A habilitação de novos frigoríficos para exportar à China poderá acelerar ainda mais as vendas de carnes em geral ao país asiático, que já estão em ritmo forte.

Com a demanda chinesa aquecida, os embarques brasileiros de carnes bovina, suína e de frango para todos os destinos renderam US$ 1.2 bilhão em abril, 41,4% mais que no mesmo mês do ano passado, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pelo Ministério da Agricultura.

Esse aumento, junto ao crescimento das vendas de produtos florestais ao exterior (8,6%, para US$ 1.3 bilhão) foi fundamental para compensar parte da queda da receita das exportações de soja, que com o arrefecimento das compras da mesma China, recuaram 13,9%, para US$ 4.2 bilhões.

Assim, as exportações do agronegócio brasileiro alcançaram US$ 8.6 bilhões no mês passado, 2,4% menos que em abril de 2018. No primeiro quadrimestre, os embarques setoriais somaram US$ 30.4 bilhões, mesmo patamar de igual período do ano passado.

Valor Econômico

 

2019-05-17T16:18:25+00:00 17/05/2019|Categories: ABB News, Colunas|Tags: , |