Ração animal: mundo produziu 1.1 bilhão de toneladas em 2018

Por

A produção mundial de rações destinadas à alimentação animal aumentou 3% em 2018 e chegou à marca do 1.103 bilhão de toneladas. A informação consta da Pesquisa Global de Rações da Alltech, levantamento que em 2019 alcança sua oitava edição.

Segundo o estudo, a maior parte da produção, cerca de 305 milhões de toneladas, quase 28% do total, foi destinada à alimentação de frangos. Com expansão anual de 3%, a produção de rações destinada à avicultura de corte cresceu em quase todas as regiões, o que, conforme a Alltech, demonstra “o interesse crescente nessa versátil fonte de proteína”.

A exceção à regra em termos de crescimento foi registrada na América Latina, onde ocorreu uma ligeira queda na produção. Neste caso é observado que o maior custo do milho e da soja no Brasil reduziu a produção de rações para frangos em cerca de 2%, desempenho que afetou toda a região. Mas também houve queda de produção em países como Venezuela, El Salvador e Chile.

O maior aumento, por sua vez, ocorreu na África, onde o volume produzido aumentou 9% no ano. A propósito, a Altech observa que, do ponto de vista do volume, o aumento de 9% entre os países africanos não chega a ser representativo. Mas mostra uma tendência que tende a se acentuar à medida que aumente o poder aquisitivo do consumidor.

Clique aqui para acessar, em inglês, a íntegra da Pesquisa Global Altech sobre a produção global de rações animais em 2018.

AviSite

2019-02-01T15:28:28+00:00 01/02/2019|Categories: ABB News, Colunas|Tags: , |